Indícios de perda auditiva em crianças

Esteja atento a dificuldade em aprender a falar


Compartilhar

Identificar um problema auditivo no início é essencial para garantir um tratamento precoce e garantir os melhores resultados para o desenvolvimento da audição da criança.




perda auditiva pode ser constatada num percentual de 80% a 90% com um simples teste auditivo, que deve ser feito mesmo que seu filho tenha passado no teste de audição para recém-nascido. A dificuldade auditiva genética ou desenvolvida pode manifestar quando bebê ou durante a infância.

O indicado aos responsáveis é observar com muita atenção, todo o desenvolvimento. O principal sintoma, é o atraso ou falta de diálogo.Se você suspeita que seu filho tem perda auditiva, o adequado é entrar em contato com o médico da família.

Não deixe sua saúde auditiva para depois. Teste um aparelho auditivo totalmente Grátis este mês na Direito de Ouvir!

Número de testes limitado a 250 por mês, restam .



Entenda melhor:

Quais são as causas da surdez infantil? 

Existem diferentes fatores que podem ocorrer uma surdez infantil, 80% dos casos acontecem na infância no nascimento ou na etapa neonatal, por isso é muito importante sempre analisar todos os fatores de risco que uma criança possa ter antes de nascer, alguns exemplos de risco são as infecções da mãe durante a gravidez, problemas durante o parto, lesões familiares que são herdadas em sucessivas gerações, infecções no momento do parto e doenças que podem ser concomitantes com perdas de audição

 Como podemos suspeitar que uma criança sofra de surdez? 

A observação é a melhor forma de detectar o desenvolvimento de uma criança. Desde o nascimento e nos 3 primeiros meses de vida os ruídos o surpreendem e a criança tem o que a gente denomina de reflexos cocleares. A criança é capaz de se surpreender diante de um ruído e se despertar, e isso nos faz perceber que a criança não tem um problema auditivo

 O que fazer diante da suspeita de um problema auditivo no nosso filho?

O indicado é levar o seu filho ao pediatra ou otorrino para que ele confirme a suspeita. Ainda assim, é importante estar atento que durante o desenvolvimento da criança possa acontecer perdas de audição  flutuantes, seja por causa de uma otite ou por outros problemas.