Fones de ouvido podem causar otites

Estudo encontrou mais de 10 mil fungos e bactérias em fones de ouvido

Ter higiene pessoal é o um dos principais caminhos para manter a saúde auditiva sempre em dia. Contudo, muitos se esquecem de tomar atitudes simples que podem evitar que bactérias, fungos ou, até mesmo, vírus tenham acesso aos ouvidos, colocando em risco a própria audição, já que esses seres, em contato com as partes internas da orelha, podem causar otites e diversos outros problemas auditivos.

Uma dessas atitudes diz respeito à limpeza e higienização dos fones de ouvido utilizados por jovens e adultos diariamente. Lembrando que o uso constante e desenfreado desses objetos pode levar à perda de audição, desenvolvimento de zumbido ou até surdez súbita.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Ganz Sanchez, com 170 alunos de idades entre 11 e 17 anos, de um colégio no Morumbi, Zona Sul da capital, 92% dos adolescentes pesquisados utilizavam diariamente o fone de ouvido e 54,7% do total de entrevistados relatou ter ouvido zumbidos nos 12 meses anteriores ao levantamento. O número é alto se considerado que, na população geral, a média de pessoas com zumbido é 24%.

No entanto, com a falta de higiene os riscos de desenvolver problemas auditivos aumentam ainda mais. Segundo uma pesquisa realizada pela Devry Metrocamp, faculdade de biomedicina em Campinas, os fones de ouvido de uso diário podem estar contaminados com até 10.000 fungos e bactérias que podem causar micoses e graves infecções, como otites e sinusites.

O estudo foi realizado durante três meses com a análise de 40 fones, sendo 30 fones comuns (do modelo que se encaixa na orelha) e 10 headfones (do modelo que tem contato com a parte externa da orelha). Além disso, os donos desses objetos não tinham o hábito de higieniza-los. Como resultado, os pesquisadores observaram a presença da bactéria Staphylococcus aureus em 87% dos fones, o que representa um alto risco de infecções de pele, bem como das vias aéreas superiores, e também do desenvolvimento de otites.

Além das bactérias, também foram encontradas altas quantidades de fungos do grupo Candida ssp. Os pesquisadores afirmam que esta descoberta é a mais preocupante, já que esse grupo de fungos é difícil de tratar e tem capacidade para afetar órgãos do ouvido e provocar doenças em pessoas com imunidade baixa.

Como se prevenir

Existem soluções simples e práticas que podem te auxiliar a se proteger contra a contaminação dos seus fones de ouvido, sejam eles comuns ou headfones. Uma delas é a higienização periódica das partes do aparelho que mantém contato com a orelha e também dos fios com cotonete ou algodão embebidos em álcool isopropílico. O ideal é que isso seja feito sempre antes e após o uso.

De acordo com recomendações médicas, você também deve evitar o compartilhamento dos fones, pois isso facilita o transporte de bactérias e fungos de uma pessoa para outra. Além disso, caso haja dor de ouvido, diminuição da audição, zumbido ou sensação de ouvido entupido, busque ajuda profissional de um otorrino.

Soluções caseiras não são indicadas em nenhum caso de incômodo auditivo, pois podem causar ainda mais danos aos ouvidos.

Continue lendo
Audição

Mais do Blog

Audição11 meses atrás

Ouvido Entupido? Conheça as Principais Causas

Conhecido como autofonia, este problema pode acontecer por uma série de fatores

Audição, Curiosidades11 meses atrás

Como funciona o tímpano no sistema auditivo

Conheça qual é o papel desta membrana na transmissão das ondas sonoras para o cérebro

Audição, Doenças do ouvido10 meses atrás

Qual é a relação entre a audição e o equilíbrio?

Estruturas presentes no ouvido são importantes para manter o equilíbrio

Audição, Doenças do ouvido10 meses atrás

Dor de ouvido: por que acontece?

Conheça as principais causas da dor de ouvido

Audição, Perda auditiva10 meses atrás

Sintomas da perda auditiva

Se você suspeita de perda auditiva, leia com atenção

Audição10 meses atrás

Causas, sintomas e tratamentos da surdez súbita

A surdez súbita é uma perda auditiva repentina