Tudo o que você precisa saber sobre a perda auditiva súbita

Por Gabriela Bandoni
Fono Especialista

24 de janeiro de 2019


0 compartilhamentos
Nenhum comentário

O que precisa saber sobre a perda auditiva súbita

Conheça as causas, sintomas, diagnóstico e tratamento desse tipo de perda auditiva


Compartilhar

A perda auditiva neurossensorial súbita, também conhecida como surdez súbita, é caracterizada por uma redução auditiva superior a 30dB. Isso significa que o som normal da fala de uma pessoa fica parecido com um sussurro.

Embora o nome sugira, a perda auditiva nem sempre acontece de uma vez, mas evolui ao longo do tempo (no máximo em 72 horas). Esse problema auditivo ocorre mais frequentemente em pessoas na faixa etária de 30 a 60 anos e afeta homens e mulheres igualmente.


A perda auditiva súbita é um fenômeno que levanta muitas questões pois ocorre de repente, os sinais de aviso costumam ser inexistentes e os sintomas variam de pessoa para pessoa. Em muitos casos, é difícil determinar uma causa da perda auditiva súbita com exatidão e o tratamento pode exigir aparelhos auditivos.

Sintomas da perda auditiva súbita

Os sintomas da perda auditiva súbita podem variar de leve a grave, podendo se tornar uma condição permanente. Nove a cada dez pessoas que sofrem com esse problema perdem a audição apenas em um ouvido e os primeiros sintomas podem ser percebidos logo ao acordar de manhã, ao usar fones de ouvido ou falar ao telefone.

Em alguns casos, a surdez súbita é precedida por um som de estouro. Além desse, outros sintomas são:

Não deixe sua saúde auditiva para depois. Teste um aparelho auditivo totalmente Grátis este mês na Direito de Ouvir!

Número de testes limitado a 250 por mês, restam .


● Tontura;

Problemas de equilíbrio;

Zumbido no ouvido;

Sensação de ouvido entupido ou pesado;

● Pressão no ouvido;

● Dificuldade para ouvir sons agudos.

Causa da perda auditiva súbita

Não existe uma única causa da perda auditiva súbita e, em muitos casos, não é possível identificar a real condição que originou o problema auditivo. As causas da perda auditiva súbita mais comuns são:

● Infecções por vírus, como labirintite, otite e meningite;

● Trauma na cabeça;

● Doenças autoimunes;

● Problemas de circulação sanguínea;

● Uso de medicamentos ototóxicos;

● Barotrauma;

● Choque psicológico (estresse, ansiedade, excesso de trabalho etc)

● Distúrbios do ouvido interno, como a doença de Ménière;

● Distúrbios neurológicos, como a esclerose múltipla.

Tratamento

Em geral, a surdez súbita por ser revertida, dependendo do nível de surdez, da causa da perda auditiva e do quão rápido for o tratamento. Em muitos casos, a recuperação da audição é completa e a cura é espontânea.

O tratamento mais comum para a surdez súbita, principalmente quando a causa da perda auditiva é desconhecida, envolve o uso de medicamentos corticoides. Esteroides também costumam ser indicados para tratar vários distúrbios e geralmente reduzem a inflamação, diminuindo o inchaço e ajudando o corpo a combater doenças.

Para garantir a eficácia dos medicamentos, é ideal procurar um otorrinolaringologista o quanto antes. Se o tratamento for tardio, as chances de reverter ou reduzir a perda auditiva diminuem consideravelmente.

Se a perda auditiva for grave e não responder ao tratamento, é possível que o médico recomende o uso de aparelhos auditivos para amplificar o som ou implantes cocleares para estimular as conexões auditivas entre o ouvido e o cérebro.

Quando a perda auditiva súbita tem alguma causa subjacente, o médico também pode recomendar tratamentos adicionais. Por exemplo, a surdez súbita foi causada por uma infecção, o médico pode prescrever antibióticos. Se você tomou algum medicamento prejudicial aos ouvidos, a substituição do remédio pode resolver o problema.