Otite pode ser confundida com hiperatividade

Incômodos provocados pela otite podem confundir pais e pediatras

Otite média aguda. Para a maioria dos pais e pediatras, este problema é um velho conhecido. Considerada uma das principais causas de prescrição de antibióticos para crianças, esse tipo de infecção de ouvido costuma causar febre, dor, além desconfortos como irritações e agitação que podem ser facilmente confundidos com hiperatividade. 

Os pais precisam ficar atentos porque ela pode acontecer em crianças a partir de 4 meses. Normalmente, as principais vítimas são crianças de 6 meses a 1 ano que frequentam creches ou escolinhas, que não receberam aleitamento materno até os 6 meses ou que foram amamentados deitados – posição que favorece as infecções – ou que tenham histórico de otite na família. 

Para fazer o diagnóstico, o pediatra examina o ouvido da criança. Na maioria dos casos, o tímpano fica inflamado e estufado. O tratamento é feito com antibióticos como a amoxilina, mas caso haja otites repetidas é preciso tomar cuidado. Infecções repetidas podem causar perdas auditivas. 

Outros sinais de otites

  • Perda de apetite. Ao mastigar, engolir ou mamar, a criança pode sentir dor e ter o paladar afetado
  • Como o ouvido dói ao deitar, a criança pode ter dificuldade para dormir
  • Saída de secreções pelo ouvido por conta da infecção
  • Diarreia ou vômitos em caso de infecção provocada por vírus
  • Problemas de equilíbrio

Como prevenir as otites

O aleitamento materno até os 6 meses é um ponto importante para reforçar a imunidade da criança e evitar doenças como a otite. Mas outros cuidados também podem ajudar:

  • não usar chupeta
  • amamentar a criança na posição correta – nunca deitada
  • tratar gripes, alergias e resfriados que também podem afetar o ouvido

Por que as crianças têm mais otites?

Os pequenos estão mais sujeitos a sofrerem com as otites por uma questão fisiológica. É que o canal que liga a tuba auditiva ao nariz é curto e horizontal nas crianças (ele é longo e vertical nos adultos) e, por isso, a infecção nasal pode chegar com mais facilidade ao ouvido e provocar inflamações.


Normalmente essa situação é agravada pelo fato de que, até os dois anos, o sistema de defesa da criança não funciona plenamente e a criança tende a ficar mais resfriada e gripada, doenças que também aumentam as chances de infecção nos ouvidos.

Saiba mais sobre dor de ouvido
Continue lendo
Doenças do ouvido

Mais do Blog

Doenças do ouvido4 meses atrás

Labirintite: o que é e como tratar?

Saiba mais sobre este distúrbio relacionado com equilíbrio e audição

Doenças do ouvido4 meses atrás

Síndrome de Ménière: O que é? Como tratar?

Ouvido tampado, zumbido, vertigem e surdez flutuante são sintomas desta síndrome

Doenças do ouvido4 meses atrás

O que é barotrauma?

Entenda a relação entre a pressão ambiente e sua audição

Doenças do ouvido, Prevenção da perda auditiva4 meses atrás

Perda Auditiva Neurossensorial: Causa e Tratamento

A perda auditiva neurossensorial pode ser unilateral ou bilateral, leve ou profunda

Audição, Doenças do ouvido4 meses atrás

Qual é a relação entre a audição e o equilíbrio?

Estruturas presentes no ouvido são importantes para manter o equilíbrio

Audição, Doenças do ouvido3 meses atrás

Dor de ouvido: por que acontece?

Conheça as principais causas da dor de ouvido