Hábitos alimentares afetam audição

Hábitos alimentares estão diretamente ligados à saúde auditiva

Os seus hábitos alimentares estão diretamente ligados à sua saúde auditiva, isso é o que nos mostra uma pesquisa realizada pela Universidade da Flórida, nos Estados Unidos da América.

Apesar disto parecer uma grande novidade para alguns, esse aspecto é facilmente percebido quando compreendemos que nosso corpo é totalmente integrado. Ou seja, cada parte é afetada diretamente por aquilo que ocorre em outras áreas.

Nesse sentido, os pesquisadores analisaram os hábitos alimentares de 2.366 pessoas. Os participantes responderam a questionários sobre a sua saúde e fizeram um teste de audição de quatro partes. Os resultados mostraram uma forte ligação entre dieta e audição.

Além disso, os resultados obtidos também mostraram que pessoas que mantinham uma alimentação balanceada, mas tiveram uma maior exposição ao ruído foi comparável à audição de quem se alimentava mal, mas tinha uma exposição ao ruído menor.

Essa descoberta afirma claramente que uma dieta balanceada pode proteger os ouvidos dos danos provocados pela exposição prolongada ao ruído. Ou seja, devemos manter uma alimentação saudável se quisermos proteger nossa audição no longo e curto prazo.

Contudo, a pesquisa não se resume a indicar a correlação entre saúde auditiva e hábitos alimentares, ela também indica que um cardápio balanceado incluí vegetais, frutas, fibras e proteínas. Dessa forma, é possível reduzir o risco de desenvolver a perda auditiva, impedir que ela progrida e amenizar os sintomas do zumbido no ouvido ou acúfeno.

Da mesma forma, existem aqueles alimentos que devem ser evitados a todo custo para se manter uma saúde auditiva em dia. Entre eles, estão os açúcares e carboidratos, que quando consumidos em grande quantidade podem levar a problemas como a diabetes e a hipertensão, que também podem favorecer a perda auditiva.

A cafeína também é uma substância controversa quando o assunto é saúde auditiva. Alguns especialistas apontam que ela pode ser um gatilho para acentuar os incômodos do zumbido. Mas, algumas pesquisas apontam que, se consumida na dose certa, ela pode ser uma aliada no combate a esse sintoma. De qualquer modo, a dica é tentar identificar como a cafeína age no seu organismo e evitá-la caso perceba a acentuação de algum problema.

Também é importante consumir pouco alimentos como sal, gorduras em geral, bebidas alcóolicas e cigarro, já que eles também aumentam os riscos do surgimento de deficiência auditiva e intensificam os sintomas do ruído.

Na dúvida, procure sempre o auxílio de um profissional de nutrição e/ou de um otorrinolaringologista. Ambos os especialistas poderão ajudar você a manter uma alimentação saudável e, também, solucionar ou até mesmo prevenir problemas relacionados com a sua audição.

Continue lendo
Audição

Mais do Blog

Audição9 meses atrás

Ouvido Entupido? Conheça as Principais Causas

Conhecido como autofonia, este problema pode acontecer por uma série de fatores

Audição, Curiosidades9 meses atrás

Como funciona o tímpano no sistema auditivo

Conheça qual é o papel desta membrana na transmissão das ondas sonoras para o cérebro

Audição, Doenças do ouvido9 meses atrás

Qual é a relação entre a audição e o equilíbrio?

Estruturas presentes no ouvido são importantes para manter o equilíbrio

Audição, Doenças do ouvido9 meses atrás

Dor de ouvido: por que acontece?

Conheça as principais causas da dor de ouvido

Audição, Perda auditiva9 meses atrás

Sintomas da perda auditiva

Se você suspeita de perda auditiva, leia com atenção

Audição9 meses atrás

Causas, sintomas e tratamentos da surdez súbita

A surdez súbita é uma perda auditiva repentina