BERA: conheça este exame auditivo

Exame é usado para checar integridade das vias auditivas

Também conhecido como PEATE (Potencial Evocado Auditivo do Tronco Encefálico), o exame BERA (Brainstem Evoked Response Audiometry, em inglês) tem o objetivo de examinar a integridade das vias auditivas, desde a orelha interna até o córtex cerebral. Com base neste exame, é possível determinar se existe ou não perda auditiva – e caso haja, se ela está relacionada com lesões na cóclea, no nervo auditivo ou no tronco encefálico.

O BERA é indicado para realizar o diagnóstico de perda auditiva em crianças e adultos, identificar como está o desenvolvimento das vias auditivas, diagnosticar problemas nervo auditivo (como tumores, ou tronco encefálico), em casos de doenças neurológicas ou tumores intracranianos e em casos de cirurgias da fossa craniana.

Além disso, trata-se de um exame auditivo indolor, não invasivo e que pode ser realizado em crianças e adultos. Após limpar a pele por trás das orelhas e a testa com um produto específico para o exame, são fixados eletrodos nestes pontos. O paciente fica deitado e com fones de ouvido. O ideal é que ele esteja o mais relaxado possível, com os olhos fechados. Quando o nervo auditivo e as estruturas do tronco encefálico forem ativados pelos estímulos sonoros, é gerada uma quantidade mínima de eletricidade que é captada pelos eletrodos, registrada no equipamento e interpretada pelo examinador.

Em crianças, o exame é realizado normalmente enquanto dormem. Em alguns casos é necessária a indução do sono para que ele seja realizado com tranquilidade. Sendo que o BERA possuí duração média de 30 minutos e deve ser realizado em uma sala acusticamente tratada para que não haja interferências externas, nos mesmos moldes que a audiometria.

Em que casos ele é indicado:

– Não há nenhuma preparação prévia recomendada. O único cuidado é que o cabelo deve estar limpo, seca e sem uso de nenhum produto para modelagem dos fios
– No caso dos adultos, o paciente deve estar relaxado e sem contrair partes importantes do corpo para o exame, como o pescoço e a face
– Normalmente, no caso das crianças, o exame é realizado durante o sono para que não haja incômodos ou interrupções.
– O exame não exige nenhum cuidado posterior à avaliação. O paciente pode retomar suas atividades normalmente.

Continue lendo
Prevenção da perda auditiva

Mais do Blog

Doenças do ouvido, Prevenção da perda auditiva8 meses atrás

Perda Auditiva Neurossensorial: Causa e Tratamento

A perda auditiva neurossensorial pode ser unilateral ou bilateral, leve ou profunda

Prevenção da perda auditiva8 meses atrás

Como prevenir problemas auditivos e a surdez?

Muitos os fatores levam à surdez.Saiba como evitar problemas auditivos

Perda auditiva, Prevenção da perda auditiva8 meses atrás

Dia Nacional de Prevenção e Combate à Surdez

Campanha bsucaconscientizar as pessoas sobre a importância de cuidar da saúde auditiva

Prevenção da perda auditiva8 meses atrás

Exame avalia capacidade auditiva de pacientes

A audiometria é um exame que avalia a capacidade do paciente para ouvir sons

Audição, Prevenção da perda auditiva7 meses atrás

Conheça os principais exames auditivos

Exames auditivos podem ser feitos com ou sem a participação ativa do paciente

Audição, Perda auditiva, Prevenção da perda auditiva7 meses atrás

Fones de ouvido podem prejudicar audição

Exposição constante aos sons altos pode causar danos irreversíveis para a audição