Gabriela Bandoni
Por Gabriela Bandoni
Fono Especialista

01 de março de 2018


0 compartilhamentos
Nenhum comentário

Outono e inverno: cuidado dobrado com o ouvido

Com a proximidade do clima mais ameno é preciso ficar em alerta


Compartilhar

outono e inverno

Com a proximidade do clima mais ameno e frio, alguns problemas de saúde ficam mais frequentes. Entre essas patologias estão, irritações no nariz e ouvido, no caso das crianças, as inflamações são mais constantes. 

No inverno é comum acontecer infecções no nível médio, que vai atrás da membrana timpânica, por consequências das doenças que tem relação com o frio. A infecção de ouvido é mais comum em crianças, porque a tuba auditiva é menor e próxima da garganta.


Nos adultos, a tuba auditiva é maior e angulada, em crianças ela é pequena e reta, aumentando o risco de entrada de secreções que geram infecções. Na fase adulta, o crânio aumenta e a tuba adutiva também e assim o organismo vai criando mais defesas.

O nariz é ligado ao ouvido, por isso, com a chegada do tempo frio, a dor de ouvido é mais frequente por conta das doenças respiratórias. A exposição ao vento gera dor de ouvido, mas se não der febre a dor pode passar sem nenhum medicamento, o recomendado é aquecer a região. Se a dor insistir e vir acompanhada de febre o médico deve ser consultado.

Alerta

Não deixe sua saúde auditiva para depois. Teste um aparelho auditivo totalmente Grátis este mês na Direito de Ouvir!

Número de testes limitado a 250 por mês, restam .


Os especialistas alertam quanto aos remédios caseiros: eles são extremamente ineficazes e podem ser perigosos para a saúde do tímpano. A recomendação é apenas colocar compressa quente no ouvido e tomar um analgésico até a consulta com o médico, mas nunca pingue remédios sem a indicação de um profissional.

Prevenção

A principal recomendação é aumentar os cuidados relacionados a resfriados, rinite sinusite e outras infecções.Se você conseguir evitar esse tipo de problema vai estar diminuindo as chances de ter dor de ouvido.

Já no caso das crianças, é recomendado que as mães tomem muito cuidado na hora da amamentação, por conta que a tuba auditiva ser muito perto da garganta do bebê.É preciso esperar um tempo após a alimentação para evitar vômitos, por ser perto da garanta aumenta as chances da entrada de bactérias no ouvido.

Outra dica é evitar contato com pessoas que estejam doentes, e se pegar gripe comece um tratamento logo no início. Evite também a exposição a pó, mofo e pelo de animais.  Uma das mais simples e principal recomendação é sempre que for sair no frio é estar agasalhado e nunca deixar de cobrir os ouvidos.