Posso praticar atividades físicas com o aparelho?

Saiba em quais atividades você pode usar ou retirar seu aparelho auditivo


Compartilhar

As pessoas que possuem algum tipo de problema auditivo frequentemente se perguntam se podem praticar alguma atividade física, e se isso não é um impedimento, devido aos cuidados necessários.

Praticar atividade física é importante para o cuidado com a saúde de uma maneira geral, e por isso é preciso aliar o seu aparelho auditivo com a prática da atividade física, de maneira que não necessariamente você deixe o uso.


Por isso vamos trazer todas as informações para que você consiga praticar a atividade física mesmo com problema auditivo, e que esse não seja um fator determinante para virar sedentário.


Não deixe sua saúde auditiva para depois. Teste um aparelho auditivo totalmente Grátis este mês na Direito de Ouvir!

Número de testes limitado a 250 por mês, restam .



Cuidados para a prática de atividade física com o uso de aparelho

Como já foi dito, a perda auditiva não pode e nem deve ser um empecilho para que você não pratique nenhum tipo de atividade física, afinal, ela é indicada para todos os benefícios do corpo.

O indicado é que você escolha bem qual é o tipo de atividade a ser feita, já que em algumas você pode fazer esse uso, e em outras é determinante que você retire antes da atividade.

De qualquer forma, é preciso observar alguns choques e até atividades aquáticas que possam expor o uso do aparelho de maneira que você não consiga mais fazer o uso do mesmo depois da atividade.

Por que é importante utilizar o aparelho auditivo em algumas atividades?

Muitas pessoas com perda auditiva não sabem, mas o uso de aparelho em algumas atividades é fundamental, mesmo as de maior impacto, para que você consiga ouvir tudo o que está acontecendo em sua volta.

Isso pode evitar graves acidentes, já que é importante ouvir algum comando e até algo da ordem de alertas, de maneira que você possa dar conta de sua atividade e consiga, também, se prevenir.

Sendo assim, é recomendado o uso de aparelhos mesmo em atividades de maior impacto, e nesse sentido você pode pensar em uma proteção extra, que não exponha o mesmo a riscos de choques graves.

Não agravamento de problema auditivo

Em muitos dos problemas auditivos o uso do aparelho é recomendado a quase todo o dia, para que esse tipo de tratamento seja garantido e você consiga de fato tratar todas as suas questões.

Por isso, em alguns casos é somente a continuidade do tratamento, que não deve, sob nenhuma hipótese, ser interrompido, principalmente nos casos que são reversíveis e tratáveis.

Sendo assim, é interessante que você mantenha o uso do aparelho por mais tempo, dentro do que está recomendado para o seu caso, para que o seu problema auditivo não seja agravado e traga outras complicações.

Lidando com a perda auditiva

Quando uma pessoa tem o diagnóstico de perda auditiva, obviamente tudo é transformado em sua rotina, e por isso é indicado que você mantenha os cuidados de sempre e consiga avançar nos tratamentos indicados.

Por isso toda a sua rotina vai ser alterada, e você, de certa forma, precisa estar pronto para isso e também com todas as mudanças necessárias, e a mudança na atividade física é mais que recomendada.

Essa mudança, no entanto, passa também por uma avaliação médica, que vai fazer a indicação de como você pode praticar a sua atividade física sem danos e principalmente, sem agravar o seu problema.

Mudança de rotinas

Como já foi dito anteriormente, existe uma mudança profunda em todo o seu dia a dia, e as atividades físicas também vão sofrer essa mudança, para que sejam um pouco mais leves.

E também como já foi adiantado, essas mudanças, certamente, passam por um crivo dos especialistas, que vão te indicar as melhores opções para que consiga de fato praticar a atividade física mesmo com o aparelho auditivo.

Sendo assim, a visita a um médico antes de escolher a sua atividade que queira realizar é uma boa estratégia, para evitar acidentes, evitar pioras no quadro e principalmente prosseguir com o tratamento.

Cuidados Indicados

Para conseguir praticar suas atividades físicas mesmo com perda auditiva, é fundamental avaliar quais são os riscos e de que maneira você consegue fazer a tarefa sem expor o seu ouvido a novos riscos.

Nesse quesito também é indicado que você tenha o mínimo de bom senso e possa evitar atividades de choque físico muito forte ou que envolvam água, de maneira que o aparelho possa ser seriamente danificado.

Isso tem um impacto direto no seu tratamento e por isso é recomendado que você tenha um tipo de acompanhamento, visando a sua saúde de maneira integral e principalmente levando em conta o uso do aparelho auditivo.

Outras dicas

Assim como é importante ter um aval médico para a prática de exercício físico, é também interessante que você faça revisões no aparelho constantemente, a fim de ter uma certeza do seu estado de maneira geral.

Essas revisões precisam ser periódicas e no caso de um prática de atividade física o indicado é que você passe por essa avaliação inicialmente a cada 15 dias, depois 30 e depois 60, gradualmente.

De uma maneira geral, essa revisão vai ser feita a depender do seu quadro, da atividade que você pratica e também se você precisa de fato de um acompanhamento mais especial, sendo feito constantemente.

A partir de uma avaliação positiva você consegue ter maior tempo de autonomia e mais do que isso, pode praticar a sua atividade física despreocupado, visto que terá um retorno médico adequado.

O acompanhamento de profissionais é fundamental para que você consiga praticar atividades físicas mesmo com problema auditivo, sem tirar de você essa opção de cuidado com a saúde.

Por isso é importante ter o cuidado necessário com a saúde, desde que esse cuidado não ofereça risco para o uso de aparelhos auditivos, que podem ser uma forma de conseguir tratar o seu quadro de perda auditiva.

Tendo em vista as nossas dicas você pode, agora mesmo, visitar seu médico e fazer uma avaliação para que seja indicado ou não o uso de aparelhos para a prática de exercícios físicos.