Gabriela Bandoni
Por Gabriela Bandoni
Fono Especialista

31 de julho de 2018


0 compartilhamentos
Nenhum comentário

Spray de cabelo pode causar danos ao ouvido

Cuidados ao aplicar o produto nos cabelos pode evitar problemas no funcionamento do ouvido


Compartilhar

Spray de cabelo pode causar danos ao ouvido

O spray de cabelo é um ótimo aliado para manter os fios arrumados por mais tempo e não estragar aquele penteado que demorou horas para ficar pronto. Porém, esse produto pode ter um efeito indesejado. Quando entra em contato com os ouvidos pode causar algum problema auditivo.

Como o ouvido fica próximo ao cabelo, pode ser que os produtos usados para limpeza e cuidado dos cabelos acabem entrando na orelha. No caso de sprays, é complicado ter controle sobre o jato, logo, as chances de alcançar os ouvidos são grandes.


Ao entrar no ouvido, o spray pode causar problemas no canal auditivo e tornar-se uma causa da perda de audição temporária. Alguns problemas auditivos causados pelo uso do spray de cabelo pode ser o acumulo de cera e otite externa.

Cera

A cera de ouvido, também chamada de cerume, é uma substância produzida pelo canal auditivo humano. Sua principal função é evitar que poeira, bactérias, partículas estranhas e excesso de água entrem no canal auditivo e alcancem o tímpano.

Não deixe sua saúde auditiva para depois. Teste um aparelho auditivo totalmente Grátis este mês na Direito de Ouvir!

Número de testes limitado a 250 por mês, restam .


O ouvido é um órgão autolimpante. Isso significa que a cera carregada de poeira e germes é empurrada do canal auditivo e segue em direção às orelhas para ser eliminada. Ao mesmo tempo, o organismo produz mais cerume para fazer a substituição.

Ao atingir o ouvido, o spray de cabelo pode paralisar o processo natural de liberação da substância, causando o acumulo de cera nos ouvidos.

O excesso de cerume nos ouvidos pode ter muitas consequências. Em alguns casos mais graves, o acumulo pode abstruir o canal auditivo e ser causa da perda de audição temporária.

Quando a cera entra em contato com o tímpano, pode causar problema auditivo como dor, zumbido, coceira, tonteira, vertigem ou sensação de ouvido entupido.

A desobstrução dos ouvidos pode aliviar os sintomas da perda de audição e dos outros problemas instantaneamente. Para isso, é indicado procurar um médico para fazer o diagnóstico e realizar a limpeza.

Usar hastes de algodão ou outros métodos caseiros para eliminar a cera não é recomendado pelos especialistas. A atitude pode causar sérios danos ao ouvido, como infecções, perfuração do tímpano e até perda de audição.

Nesse caso, é indicado procurar um otorrinolaringologista para fazer a remoção da cera através de aspiração, lavagem ou com outra técnica. O profissional é o responsável por analisar a real situação dos ouvidos e direcionar o método adequado.

Otite Externa

O spray de cabelo pode ser um agravante para quem está mais propenso a ter otite externa. A otite é um tipo de infecção muito comum que agride a pele do canal auditivo.

As principais causas para a otite são o excesso de água nos ouvidos – muito comum em nadadores – e também o acumulo de cera. Quando essas substâncias ficam aglomeradas no canal auditivo, o ambiente fica propício para o surgimento de bactérias e fungos. Como consequência a pele fica inflamada e infeccionada.

Quando o spray de cabelo retém a cera no canal auditivo pode causar a otite externa. Além disso, o spray em contato com os ouvidos pode agravar o estado da infecção.

Quando os produtos químicos, como spray, shampoos e condicionadores entram no ouvido que já sofre com a otite, a pele sensível do canal auditivo pode ficar ainda mais irritada.

Os sintomas mais comuns do problema auditivo são: secreção na orelha, perda de audição temporária, dor e sensação de ouvido entupido. Geralmente a otite é percebida em apenas uma orelha, mas também pode afetar as duas.

O tratamento para a otite externa inclui medicamentos analgésicos para aliviar a dor e remédio em gota aplicado diretamente no ouvido. Em casos mais graves, o otorrinolaringologista pode fazer uma limpeza no canal auditivo.

Perda auditiva

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 360 milhões de pessoas no mundo sofrem com a perda de audição. O mais surpreendente é que metade desses casos poderiam ser evitados com práticas preventivas simples.

A perda auditiva temporária é comum em casos de acumulo de cera e otite. Ela ocorre quando nosso canal auditivo sofre uma lesão leve e seus efeitos podem não ser permanentes. No entanto, quando o excesso de cera ou infecção não recebe o devido tratamento, a situação pode agravar e causar perda de audição irreversível.

Os sintomas da perda de audição surgem de forma progressiva, com zumbido, tontura, sensação de pressão nas orelhas ou dificuldade para ouvir o que as pessoas dizem.

Caso o spray de cabelo entre em contato com os ouvidos é importante ficar alerta a esses sintomas e procurar ajuda médica se for necessário.

Aparelhos auditivos

Pessoas que utilizam aparelhos auditivos devem ter cuidado redobrado ao usarem spray de cabelo. Alguns produtos como spray e maquiagem podem estragar o aparelho, que é sensível a produtos químicos como esses.

A indicação é que o aparelho auditivo seja removido antes da aplicação do spray de cabelo, assim é possível manter o funcionamento do dispositivo e prolongar sua vida útil.

Solução

Um cosmético que parece inofensivo pode trazer sérios problemas para sua audição. Mas isso não significa que o spray de cabelo não pode ser utilizado. Algumas atitudes simples podem garantir sua saúde auditiva sem precisar abrir mão dos produtos de beleza.

Ao aplicar o spray, é importante se certificar que o produto esteja distante das orelhas. Procure manter o cabelo atrás das orelhas e solte o jato no sentido das costas, assim o produto não corre o risco de entrar no ouvido.

Quando isso não é possível ou para pessoas que apresentam algum tipo de alergia ou sensibilidade ao produto, é recomendável colocar cuidadosamente um pedaço de algodão para proteger os ouvidos.