Por Direito de Ouvir

17 de junho de 2021

Fique atento ao uso de fones de ouvido!

Eles podem prejudicar sua audição.

17 de junho de 2021


Os fones de ouvido são instrumentos divertidos, todos sabemos. Mas você sabia que o seu uso equivocado pode causar prejuízos à sua audição?


Cá entre nós, ninguém discorda que os fones de ouvidos são instrumentos bastante interessantes e que, dada a sua versatilidade, estão presentes em boa parte da vida das pessoas.

Seja para execução de atividades profissionais (como os músicos), seja para o exercício de atividades gerais e rotineiras (como a prática de exercícios físicos) ou mesmo durante um momento de lazer, é comum observarmos pessoas caminhando ou correndo pelas ruas utilizando fones.

Porém, muitas das vezes esses instrumentos são equivocadamente utilizados e, esse mal-uso desperta, naqueles que assim o utilizam, uma série de complicações, dentre elas zumbido, dor de cabeça até mesmo perda auditiva.

Primeiramente, é conhecida a existência de riscos relacionados ao uso do fone de ouvido conectados a um aparelho que seja ligado a uma fonte de energia elétrica. São comuns as histórias de pessoas que se envolveram em acidentes enquanto utilizavam seus fones com o aparelho celular conectado a uma tomada.

Isso, inclusive, levou as empresas a desenvolverem aparelhos com apenas uma entrada, com o objetivo de impedir que novos acidentes pudessem acontecer.

Mas aqui o nosso foco é um pouco diferente, e está relacionado à nossa sensibilidade auditiva.

Sabemos que o nosso ouvido é um tanto sensível. Mas você sabia que dependendo da intensidade (volume) em que você ouve as músicas, o tempo de uso ou qualquer tipo de som no fone de ouvido, pode interferir na sua audição?

Isso mesmo! Se você colocar o som em uma intensidade muito alta, o conduto auditivo reage de forma que a pressão que entra no ouvido gera um desconforto muito grande e isto causar uma perda auditiva considerável.

Ao colocar o fone de ouvido, automaticamente você está ocluindo (obstruindo) o conduto auditivo, fazendo com que o ouvido fique abafado ou com a sensação de “eco”, e muita das vezes provocando assim o zumbido.

Fique atento no modo com que você está fazendo o uso do fone de ouvido.

Você deve parar de usar? Não necessariamente, mas orientamos que faça o uso correto, colocando o volume do fone mais baixo.

Também é importante fazer intervalos periódicos a cada hora, para que não cause um desconforto no canal auditivo.

E se, de algum modo, você perceber que está ouvindo pouco e baixo, que sua audição está regredindo, agende uma consulta para realizar uma avaliação auditiva com a Direito de Ouvir.

Através do exame de audiometria é possível saber como está a sua saúde auditiva e identificar precocemente uma perda.

A prevenção é o melhor caminho para evitar problemas em sua audição. Não ultrapasse os limites do seu corpo!

Cuidar da sua saúde auditiva é necessário para um futuro com mais qualidade de vida.

Lembre-se: você é importante e a sua audição também, não deixe para depois.

Proteja sua audição, proteja sua saúde!

Fonoaudióloga Nayara Cristina Ferreira
Crfª:2- 21805

Marcadores
Audição Perda auditiva
Nós usamos seus dados para analisar e personalizar nossos anúncios e serviços durante sua navegação em nossa plataforma. Ao continuar navegando pelo site Direito de Ouvir você nos autoriza a coletar tais informações e utilizá-las