Categoria: Curiosidades.

Aparelho Auditivo Aparelhos Auditivos Trauma Acu00fastico

Normalmente não percebemos o quanto sons altos podem ser prejudiciais. Eles podem provocar o chamado trauma acústico. 

Estudos mostraram que 60% dos calouros universitários apresentam algum tipo de perda de audição. Isso pode ser causado pela poluição sonora ou pela exposição a barulhos muito altos, como os de um show de rock. Os barulhos muito altos podem prejudicar a audição porque danificam as pequenas células ciliadas do ouvido interno. Algumas doenças podem tornar essas células ainda mais sensíveis que o normal.

Durante os exercícios aeróbicos, o sangue é desviado dos ouvidos para as pernas, braços e coração. Essa alteração do fluxo sanguíneo torna as células ciliadas mais sensíveis ao barulho. Assim, muitos especialistas em ginástica alertam que correr usando fones de ouvido dobra o risco de perda auditiva permanente. Da mesma forma, dançar de frente para o aparelho de som em pleno volume aumenta o potencial de dano auditivo.

O que é o trauma acústico?

O trauma acústico é uma lesão do ouvido interno que normalmente é provocada pela exposição a ruídos muito elevados. O dano auditivo pode ser relacionada a um único ruído alto  – como uma explosão – ou pela exposição a ruídos mais baixos só que por um tempo prolongado.

Quem corre o risco de sofrer traumas acústicos

Algumas pessoas pela profissão ou por determinados perfis correm o risco de sofrer traumas acústicos. Saiba quem são:

Sintomas do trauma

A perda auditiva é considerada um dos principais sintomas do trauma acústico. Em muitos casos, o primeiro impacto da perda está nos sons de alta frequência, seguido dos de baixa frequência. Outro sinal muito comum do problema é o zumbido. Com as células lesadas, o ouvido passa a enviar sinais sem que haja uma fonte sonora.

Como é feito o diagnóstico do problema

Além de conversar com o paciente para entender o que pode ter provocado a lesão no ouvido, o otorrinolaringologista pode solicitar exames como a audiometria.

Tratamento para o problema

Em alguns casos pode ser necessário o uso de aparelhos auditivos para minimizar o impacto da perda auditiva. Alguns medicamentos também podem ser receitados pelo médico para o tratamento do trauma. No caso de pessoas que trabalham em ambientes barulhentos, o otorrino  provavelmente recomendará o uso de protetores auditivos e outros equipamentos de proteção auricular. Esses equipamentos, quando utilizados em um ambiente de trabalho, são parte dos EPI (equipamentos de proteção individual) que o empregador deve fornecer aos trabalhadores.