Categoria: Curiosidades.

Aparelho Auditivo Aparelhos Auditivos A importancia da cera no ouvido e a sua limpeza correta

Quem nunca teve vontade de cutucar o ouvido que atire a primeira haste flexível. Mas ao contrário do que muitas pessoas pensam, a cera de ouvido tem sim o seu papel. Acredite se quiser: o cerume está lá por uma boa razão: reter sujeira, bactérias e outras partículas que podem causar ferimentos, irritação ou infecções.

Do que é feita a cera de ouvido?

A cera de ouvido é feita de restos de pele, poeira e de secreções oleosas produzidas pelas glândulas sebáceas ouvido. Ela é produzida na parte externa do canal auditivo por cerca de duas mil glândulas sebáceas e glândulas sudoríparas modificadas.

Existem vários tipos de cera e cada um deles é determinado geneticamente, mais especificamente por uma única letra em um único gene. O tipo úmido é o mais comum – inclusive tem sido usada para rastrear os padrões antigos de migração humana.  Caucasianos e africanos têm mais chance de apresentar um cerume úmido, enquanto asiáticos do Extremo Oriente apresentam uma variação mais seca. Leia mais curiosidades sobre a cera de ouvido!

Às vezes, no entanto, o cerume se intensifica. Mesmo assim, em grande parte das vezes, os ouvidos se limpam sozinhos. É isso mesmo! Quando você come ou fala, os movimentos do maxilar empurram a cera para o ouvido externo, de onde você pode remover com facilidade, usando um pedaço de algodão ou um pano ou toalha macia.

Para secar o ouvido, use a ponta de uma toalha macia após nadar ou tomar banho. Se sentir que a água permanece dentro do conduto auditivo, deite a cabeça lateralmente em uma toalha. Normalmente o líquido costuma escorrer sem grandes problemas. Confira outras dicas para fazer a limpeza sem causar danos ao ouvido.

Cutucar o ouvido pode?

Não, não pode. A mania de todos de usar cotonete, tampa de caneta, lápis, grampos e outros tantos objetos para aliviar aquela coceira incômoda no ouvido ou para limpá-lo, fazem mal a saúde. Estes objetos podem causar sérios danos às frágeis estruturas internas do ouvido, perfurando, por exemplo, o tímpano. O rompimento desta estrutura pode provocar de infecções até a perda auditiva.

Sensação de ouvido entupido? Como evitar?

A sensação de ouvido entupido pode ser provocada por diversos fatores – entre elas o excesso de cera. Provavelmente, você dirá: usando hastes flexíveis para limpar os ouvidos. Pois saiba que estes objetos podem ser mais perigosos do que você imagina!

Usar ou não usar hastes flexíveis?

A resposta é não usar. Confie nos mecanismos internos de limpeza do seu ouvido, eles são suficientes. As famosas hastes flexíveis podem fazer mais mal do que bem, ao empurrar a cera para dentro do canal auditivo, até mesmo contra o tímpano, podem interferir na audição.

Na maioria dos casos, a cera empurrada pelas hastes vai se compactando perto do tímpano, formando o que os especialistas chamam de rolha de cera. Isso pode provocar surdez e muitos incômodos.

E não é só: eles também podem prejudicar a delicada parede do canal ou perfurar o tímpano. Tanto um quanto o outro podem levar a uma infecção na melhor das hipóteses.

Ok, mas e se o cerume estiver realmente incomodando e precisar ser removido? Esqueça opções caseiras – nada de pesquisar soluções no Google. O ideal é deixar que um otorrinolaringologista faça a remoção da cera para você. Não use gotinhas de álcool ou água boricada para amaciar o cerume. Se o problema não estiver nele, as gotas podem piorar toda a situação. Consulte um otorrinolaringologista antes de fazer uso dessa ou de qualquer outro tipo substância.

Coceira no ouvido: o que pode ser?

Seu ouvido coça com frequência e quase te enlouquece? Se não pode cutucar nem usar hastes flexíveis, você pode se perguntar: como resolver esse problema? O que fazer para diminuir a coceira?

A coceira pode ser provocada por fungos, mas, na maioria dos casos, é uma dermatite crônica, ou seja, uma inflamação na pele do canal do ouvido. Esse problema é bastante parecido com a caspa do couro cabeludo. Isso acontece porque a cera é seca, escamosa e abundante. Alguns alimentos  como gordura e açúcar podem agravar o problema.

No tratamento, o otorrinolaringologista normalmente indica um remédio tópico para amenizar os incômodos da coceira nos ouvidos. Caso a coceira nos ouvidos seja causada por alergias, é indicado um tratamento específico para evitar o gatilho do incômodo.